segunda a sexta 09:00—12:30 / 14:00—17:30 sábado, domingo, feriado 15:00 — 18:00
22 939 24 70
casadodesign@cm-matosinhos.pt
Edifício Paços do Concelho Rua de Alfredo Cunha 4450-009 Matosinhos

BURILADA | arte-factos para a sobrevivência

Convocados à inauguração da Casa do Design, a seleção de objetos apresentados ambiciona abrir o campo das possibilidades à sobrevivência, ligando design e artesanato e resgatando saberes e identidades.

A exposição BURILADA | arte-factos para a sobrevivência, com curadoria de Francisco Providência, designer e docente da Universidade de Aveiro, e Helena Sofia Silva, docente da ESAD/Escola Superior de Artes e Design, apresenta um conjunto de objetos de design que se constituem como agentes de reconfiguração de cultura material no Portugal contemporâneo. Arte-factos que ligam design e artesanato, desenho e produção, segundo geometrias e geografias diversas. Arte-factos que resgatam saberes e identidades, reanimam economias, revalidam materiais e repensam funções. Convocados à inauguração da Casa do Design Matosinhos, estes objetos ambicionam abrir o campo das possibilidades à sobrevivência, religando centro e periferia, alta e baixa tecnologia, um corpo que modernamente viu dissociar a mão da cabeça. É exemplo o caso da lã de Bucos (Cabeceiras de Basto), reimaginada em peças contemporâneas sob orientação de Helena Cardoso, que contribuiu também para a fixação da população e a renovação geracional. Ou a filigrana da Póvoa de Lanhoso, o burel de Manteigas, a cortiça, os bordados do Minho ou a olaria de S. Pedro do Corval, casos em que o olhar distanciado do designer encontrou o saber ancestral dos artesãos e propôs alternativas. Instrumentos sofisticados, da prototipagem rápida à venda online, possibilitam hoje validar a escala da pequena produção, permitindo reduzir custos de produção e dispensar os intermediários e encargos de grandes infraestruturas.

Francisco Providência é designer e professor em Design na Universidade de Aveiro. Investigador e editor nas áreas do design e da comunicação, tem publicado diversos artigos sobre estes temas. Providência é membro cofundador do Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura (ID+), onde dirige o grupo Made.pt. É formado em Design de Comunicação e doutorado em Design sob o tema Poeta é Aquele que Faz: Uma Poética como Inovação em Design. Tem atelier próprio desde 1985, e foi distinguido em 1999 com o Prémio Nacional de Design nas áreas da Comunicação, do Produto e do Ambiente, pelo Centro Português de Design. O seu interesse ao nível da investigação centra-se na ontologia e epistemologia do design, apoiando a teoria a partir da sua prática projetual. Mantendo a prática profissional como designer, tem-se dedicado ao design total, principalmente aplicado à museografia. 

Helena Sofia Silva é docente e investigadora em design, sediada no Porto. O seu trabalho centra-se atualmente em expressões gráficas de protesto em Portugal, partindo da atividade e do acervo do arquivo Ephemera. Desenvolve a sua investigação no Programa Doutoral em Design da Universidade de Aveiro/Universidade do Porto, com o apoio da FCT. Helena Sofia é licenciada em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e mestre em Design pela ESAD – Escola Superior de Artes e Design, onde leciona desde 2000 temas relacionados com a história e a teoria dos media e da moda. Autora de Design Português – 1980/1999 (Verso da História, 2015), colaborou nas monografias dedicadas a João Machado e Francisco Providência (Cardume, 2016).

Quinze anos passados sobre Reinventar a Matéria, urge uma nova reflexão em torno das relações que ligam design e artesanato (e o desenhar ao produzir), agora no contexto histórico do necessário incremento ao desenvolvimento local e na hipótese de sobrevivência pela produção de bens culturais, incentivando o crescimento de uma indústria da cultura orientada para a inovação social. Novas formas de organização agregam hoje os interesses de designers e artesãos segundo as mais diversas geometrias e graus de complexidade. — Francisco Providência e Helena Sofia Silva, curadores da exposição

Documentos

Texto Curatorial

Download

BURILADA | arte-factos para a sobrevivência


Organização
Câmara Municipal de Matosinhos; esad–idea, Investigação em Design e Arte
Curadoria
Francisco Providência, Helena Sofia Silva
Coordenação Geral
Sérgio Afonso
Design Expositivo
Francisco Providência
Design Gráfico
Non-verbal Club

Câmara Municipal de Matosinhos


Presidente
Guilherme Pinto
Vice-Presidente
Eduardo Pinheiro
Vereador da Cultura
Fernando Rocha
Coordenação de Projeto
Clarisse Castro, Maria José Rodrigues
Organização
Bárbara Araújo, Fátima Machado
Casa do Bosque — Serviço Educativo
Ana Paula Costa, Fernanda Pinho, Rute Alves
Comunicação e Relações Públicas 
Jacinta Batista
Assessoria de Imprensa
Jorge Marmelo

esad—idea, Investigação em Design e Arte


Coordenação de Projeto 
Margarida Antunes
Logística
Joana Cunha, Sofia Meira
Apoio à Montagem 
Ana Alves, Catarina Paixão, Inês Nepomuceno, Rute Carvalho
Apoio Técnico
Alexandre Costa, Carlos Rocha, Filipe Pinto, José Castro
Comunicação
Mafalda Martins
Vídeo e Fotografia
Ana Pinto, Inês Leal
Web
Diogo Vilar, Hugo Branco

Publicação


Edição
ESAD/Escola Superior de Artes e Design; Câmara Municipal de Matosinhos
Coleção
Casa do Design
Coordenação Editorial
Francisco Providência, Helena Sofia Silva Textos: Cláudia Albino, Fernando Rocha, Francisco Providência, Guilherme Pinto, Helena Sofia Silva, João Nunes, José Bártolo, Rita Filipe
Design Gráfico
Non-verbal Club
Produção
Blue Book
Tiragem
1000 exemplares
Impressão
Norprint
Créditos Fotográficos
Inês Leal, MO-OW Design, Filipa Alves, Alexandre Delmar, João Nunes, Rosa Pomar, Malcom Brown, Mishmash, Dinis Santos
ISBN
978-989-8829-34-4
Depósito Legal
419376/16
Data
Junho 2016